Monkey 47 distribuído pela Pernod Ricard Portugal

0
monkey47

Gin icónico reforça o segmento ‘premium’ da multinacional de distribuição

A Pernod Ricard Portugal é responsável, a partir desta sexta-feira, dia 1 de Julho, pela distribuição da marca Monkey 47 no mercado nacional. Este é o resultado da compra da posição maioritária por parte da filial alemã da Pernod Ricard daquele que é considerado um dos melhores gins do mundo, produzido pela Black Forest Distillers Gmbh na Alemanha. Criado em 1975, e com 18 mil trabalhadores em todo o mundo, o grupo Pernod Ricard é co-líder mundial na distribuição de vinhos e bebidas espirituosas tendo no seu portefólio marcas como Absolut, Jameson, Ricard, Ballantine’s, Chivas Regal, Royal Salute, The Glenlivet, Mumm, Perrier-Jouët e Macieira.

Monkey 47 assume-se como a marca de Gin ultra premium “mais reconhecida pelo consumidor e adorada por bartenders de todo o mundo” que vem completar o portefólio de gins premium da Pernod Ricard Portugal, ao lado de marcas como Beefeater, Seagram’s e Plymouth Gin.

“É com muito orgulho que acolhemos esta joia da categoria de gin ultra premium que completa perfeitamente o nosso portfólio de marcas de luxo. Monkey 47 tem um sabor excecional. A marca responde exatamente à evolução do mercado português e às expectativas dos consumidores em termos de qualidade e experiência de degustação. Agradecemos aos nossos colegas da Drinks Nation, o precedente distribuidor, pelo trabalho feito ao longo dos últimos anos”, sublinha Jean-François Collobert, CEO da Pernod Ricard Portugal.

E de onde vem o nome Monkey 47? A história é curiosa. Em 1945, terminada a segunda guerra mundial, Monty Collins, membro da força aérea inglesa, foi destacado para Berlim no âmbito da recuperação dos violentos bombardeamentos que a cidade sofreu. Como símbolo da sua devoção à causa, Collins dedicou-se à recuperação do jardim zoológico da cidade e adotou, como mascote, um pequeno macaco chamado Max que seria, à posteriori, fonte de inspiração para o nome do gin, o dito Monkey.

A escassez de bens que caracterizou o pós-guerra aliada à riqueza e variedade das botânicas da floresta negra, onde Collins viveu depois de Berlim, incentivaram-no a criar o seu próprio gin. Assim nasceu o Monkey 47, em referência aos 47 ingredientes “criteriosamente selecionados na floresta e 47 graus de teor alcoólico”.

Este é um gin de produção artesanal e de edição limitada, em que todas as garrafas são numeradas. Também a garrafa tem características curiosas como o formato inspirado nos antigos frascos de farmácia com o vidro escurecido que protege o líquido dos raios ultra UV e a rolha de cortiça portuguesa, com origem na região do Ribatejo.

“O resultado é a singularidade de um gin de elevada qualidade e personalidade única”, sublinha a empresa em comunicado, sublinhando que, por ser enriquecido com 47 botânicas distintas na sua composição, Monkey 47 se assume “como um gin complexo que não precisa de infusão para otimizar o seu sabor – basta adicionar, no máximo, uma casca de limão”.

By: (https://www.dinheirovivo.pt/buzz/597095/)

 

Sem Comentários

Recomendamos-lhe