OS 10 GINS QUE TEM DE PROVAR

0
dez gins essenciais

É aos nossos vizinhos espanhóis que devemos a redescoberta do gin e a sua apresentação de forma renovada, servindo-o num copo mais largo, e de pé, à semelhança do vinho, e adicionando-lhe botânicos – cascas de citrinos, canela, cravinho, alecrim, entre muitas outras hipóteses – que têm um efeito aromático e conferem um aspeto visual mais atrativo ao copo.

Confira a lista abaixo dos dez gins essenciais a provar:

  1. Beefeater Burrough’s Reserve (Inglaterra) – um London Dry com leve estágio em barricas de Lillet;
  2. Darnley’s View Spiced (Inglaterra) – um gin onde as notas de especiarias são notórias;
  3. Hendrick’s (Escócia) – sem dúvida o mais reconhecido gin premium, com o seu característico aroma a pepino e rosas;
  4. Williams Chase Elegant Gin (Inglaterra) – destilado à base de maçã, e não de cereais, mostra bem a sua diferença;
  5. G’Vine Floraison (França) – destilado à base de uva e tendo flor da videira colhida no momento da floração, é um extremamente floral e distinto
  6. Nordés (Espanha) – um gin diferente de todos os outros, com ingredientes pouco usuais como louro, eucalipto, salicórnia, algas e um destilado de Alvarinho;
  7. Monkey 47 (Alemanha) – com 47 diferentes botânicas, este é um gin muito complexo;
  8. Bluecoat (EUA) – personifica muito bem a new wave dos western dry drinks, com menos notas de zimbro e citrinos mais pronunciados;
  9. NAO (Portugal) – único no mundo a estagiar em barricas de vinho do Porto;
  10. London Nº 3 (Inglaterra) – um London Dry mais tradicional, a mostrar que a simplicidade pode ser sinónimo de muita qualidade.

Sem Comentários

Recomendamos-lhe

Schweppes Lemon Dry Iggy Pop

Schweppes Lemon Dry IGGY

Uma bebida única criada para satisfazer os paladares adultos que gostam de disfrutar do sabor seco e amargo do limão. Elaborada com quinino, que aporta ...