Gin

0

Está longe da minissaia, mas a moda do gin também mudou mentalidade

Ponto assente: para ser gin, tem que ter zimbro. ‘Premium’ ou não, é questão complicada. Importante é encontrar um gin com o qual nos identifiquemos. Tudo isto dito por Daniel Carvalho, um apaixonado de gin

Até há três anos, Daniel Carvalho não gostava de gin tónico, porque “era servido em copo alto, com um limão de há uma semana, cheio de gelo e um dedo de água tónica, que era o que cabia”. Um dia foi jantar com a mulher à Taberna Moderna, do galego Luis Carballo, e apaixonou-se pela bebida assim que viu o copo.

 

Fonte: Expresso.sapo.pt

Sem Comentários

Recomendamos-lhe

G’Vine no Portugal Fashion

O Portugal Fashion é um projeto de promoção nacional e internacional da moda portuguesa, promovido pela ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, em parceria ...